Make your own free website on Tripod.com


Minha História Pessoal
 
 
   As lembranças de minha infância (quando eu era bem novinho) são poucas, mas vou tentar explicar brevemente para vocês minha história pessoal de como passei a gostar de fraldas e virei um infantilista.

    Eu tinha mais ou menos uns 3 anos e estavam me ensinando a usar o banheiro.
Me lembro de várias vezes que fiz xixi na calça durante este tempo e minha mãe me pegava pela mão e me levava ate o banheiro. Mas a lembrança mais marcante que tenho é de uma vez que eu dormia na cama de minha mãe e ela me disse com uma fralda na mão que se eu molhasse a cama dela ela colocaria a fralda em min. Essa lembrança ficou na minha cabeça e por algum motivo mais tarde eu viria a gostar de usar fraldas.

    Quando eu tinha uns 6 anos de idade fui surpreendido tentando colocar uma fralda que havia pego da minha irmã recém nascida, minha mãe me perguntou porque eu estava tentando colocar a fralda e se eu queria voltar a usar fraldas e eu disse a ela que não que eu só queria saber como era.

    Depois disso muito tempo se passou e eu só voltei a me interessar por fraldas aos 10 anos de idade quando estava brincando na casa do meu primo. Nós achamos algumas fraldas dentro de um armário no quarto de minha tia, fomos para o quarto dele e colocamos as fraldas debaixo de nossas cuecas e ficamos o dia inteiro brincando usando fraldas.

    Aos 12 anos comecei a brincar por alguns minutos sempre que eu saia do banho de dobrar a toalha em forma de um triângulo e segura-la entre as minhas pernas para simular uma fralda.  Quando a toalha ficou sem graça eu resolvi juntar o dinheiro da mesada e comprar algumas fraldas, alfinetes de fralda e talco para que eu pudesse usar quando não houvesse ninguém em casa.
    Com o dinheiro na mão peguei minha bicicleta e fui até uma loja especializada em enxovais para recém nascidos para comprar algumas fraldas, fiquei embaraçado quando a atendente da loja me perguntou ironicamente se as fraldas eram para min, eu disse que minha mãe havia pedido para comprar algumas pois meu priminho estava passando alguns dias lá em casa e minha tia havia mandado poucas fraldas. Coloquei as fraldas dentro da mochila e fui até uma farmácia para comprar talco e alfinetes de fralda, na farmácia tudo correu sem maiores problemas.
 
    Quando cheguei em casa olhei para o relógio já eram 2:45 e eu sabia que minha mãe chegava do trabalho as 3:00 procurei um bom lugar para esconder as fraldas (no meu armário) e aguardei ate que a noite chegasse. Quando a noite chegou eu fui para o quarto dizendo que ia dormir, tranquei a porta e apaguei a luz. Peguei as fraldas que havia colocado em meu armário e descobri que havia um problema as fraldas eram pequenas e eu já era bem grandinho. Peguei 1 fralda e fiz um triângulo vi que não daria para fechar a fralda e peguei mais três fraldas e coloquei uma sobre a outra em 2 pares para que ficasse com 2 quadrados com 2 fraldas cada um. Dobrei os 2 quadrados em triângulos e vi que se eu juntasse os 2 triângulos faria 1 triângulo maior. Peguei alguns alfinetes para fixar um triângulo no outro para fazer uma fralda que servisse em min. Me deitei sobre o triângulo peguei o talco e coloquei sobre minha área de fralda e finalmente fechei a fralda, me senti no paraíso usando fraldas.

    A partir deste dia comecei a dormir de fraldas quase todos os dias e sempre que ficava sozinho em casa eu colocava as fraldas e ficava brincando dentro de casa como se eu fosse um bebê.

    Hoje eu tenho 16 anos e uso fraldas até hoje sempre que posso, estava pensando em contar isso para alguém para meu primo ou para minha namorada mas quando parei para pensar o que eles poderiam pensar eu desisti e resolvi guardar este segredo apenas comigo.
 
 

Qualquer dúvida ou sugestão
   bedwetter@zipmail.com.br